Featured image of post Quem sabe, faz. Quem entende, ensina - Design Instrucional

Quem sabe, faz. Quem entende, ensina - Design Instrucional

Quem não sabe, ensina, diz o ditado. Porém, o ditado não é esse.

Passei um mês sem escrever por aqui por uma boa razão. Precisei criar o Design 4 Thinking. Esse é meu novo projeto, desenvolver soluções em Design Instrucional. Se você não faz idéia o que é isso, pode descobrir um pouco mais aqui.

Eu gosto de pensar que eu ajudo as pessoas a aprender como aprender coisas, e algumas dessas coisas são soluções. Mas em resumo, pode ser qualquer uma dessas explicações:

  • Eu crio eLearning para empresas.
  • Eu desenvolvo experiências de aprendizagem
  • Eu crio recursos envolventes que apoiam os funcionários por meio de mudanças rápidas e economizam o dinheiro da sua organização.

Ou a minha predileta:

  • Eu ensino vendedores a vender carros, apesar de não saber nada sobre carros.

Nesse momento sempre aparece aquele engraçadinho para dizer que “quem sabe faz, quem não sabe ensina.” Então o seguinte diálogo acontece:

“Muito interessante, você sabe quem disse essa frase?”, eu pergunto. “Não sei…”, a pessoa responde, “mas com certeza ela é muito verdadeira pela minha experiência.” “Quem escreveu essa frase foi, George Bernard Shaw. Sabe quem ele foi?” “Não…”, responde. “Você sabe o contexto onde ele colocou essa frase?”, eu pergunto. “Não…”, ele responde. “E sobre o que essa frase significa de verdade dentro desse contexto, você pode me ensinar?” “Não…”, ele responde, de novo.

Há uma aversão geral contra quem ensina. Aposto que você já fez um ou dois cursos dentro da sua empresa. Talvez os melhores cursos não usam as palavras professor, aluno, aprender ou ensinar. Termos como liderança, desenvolvimento, aprimoramento e conhecimento são mais apreciados no mundo corporativo. E preciso concordar contigo que “aprender” começa na escola e as aulas da escola não são as melhores lembranças daquela época.

O designer instrucional consegue criar boas experiências de aprendizagem porque ele, antes de pensar no ensino, ele precisa entender. O DI não é especialista no assunto a ser ensinado, ele é especialista em entender e descobrir a melhor forma de ensinar. Aristóteles já sabia disso:

“Quem sabe, faz. Quem entende, ensina”.
— Aristóteles

Quer dizer, Aristóteles sabia, mas ele nunca disse essa frase. Provavelmente sua origem é a explicação de Lee Shulman das visões aristotélicas sobre o domínio profissional. Alguns anos depois, estas e muitas outras citações semelhantes com o mesmo significado geral são atribuídas erroneamente e mal compreendidas pelas pessoas - talvez resultado do declínio de atribuição dos usuários do Twitter e LinkedIn.

Quem sabe um dia eu resolvo mergulhar nesse assunto - um dos tantos que não faz a diferença para ninguém. Ainda assim é uma informação divertida para você usar nos treinamentos corporativos naqueles momentos de tédio (e indicar o d4t.dev como solução para o problema).

Use com moderação.

Todos os direitos reservados. © 2022
Criado com Hugo
Tema Stack desenvolvido por Jimmy